Certificações

Google translate

Certificações atualmente operacionais:

DESDE 20 DE OUTUBRO DE 2020, AO WARANÁ DA TERRA INDÍGENA ANDIRÁ-MARAU, PRODUZIDO NESTE TERRITÓRIO NO RESPEITO DO CADERNO DE ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS GARANTIDO E VERIFICADO PELO CONSÓRCIO DOS PRODUTORES SATERÉ-MAWÉ - CPSM É CONCEDIDA, PELO INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE INDUSTRIAL BRASILEIRO - INPI, A DENOMINAÇÃO DE ORIGEM IDENTIFICADA POR ESTE SELO:

DESDE 12 DE JUNHO DE 2017, TODA A PRODUÇÃO DE GUARANÁ, ANDIROBA, COPAIBA, URUCUM, UNHA DE GATO, MIRANTÃ E CRAJIRÚ DA TERRA INDÍGENA ANDIRÁ-MARAU VEICULADA PELO SISTEMA DE CONTRÔLE INTERNO DO CONSÓRCIO DOS PRODUTORES SATERÉ-MAWÉ VOLTA A SER CERTIFICADA COM O SELO FGP, PRÓPRIO DOS PRODUTOS DE JARDIM FLORESTAL CONFORMES AOS CRITÉRIOS RIFA/IAFN DE "FLORESTA ANÁLOGA". FICA CERTIFICADO TAMBÉM AO MESMO TEMPO O CUMPRIMENTO DOS REQUISITOS ESTABELECIDOS NO REGULAMENTO DE PRODUÇÃO ECOLÓGICA DA IMOcert LATINOAMERICA (EQUIVALENTE AO REGULAMENTO CE 834/2007 E 889/2008 QUE ESTABELECE OS CRITÉRIOS PARA A PRODUÇÃO ORGÂNICA NA UNIÃO EUROPEIA E PARA SUA ROTULAGEM).

O WARANÁ (DESDE 2002) E OS PRODUTOS DA MELIPONICULTURA SATERÉ-MAWÉ (DESDE 2006), EM QUANTO FORTALEZA DE SLOW FOOD, SÃO CERTIFICADOS POR SLOW FOOD COMO:

P R O D U Ç Â O T R A D I C I O N A L D E A L I M E N T O S

DESDE 2010, OS PRODUTOS DOS SATERÉ-MAWÉ BENEFICIADOS PELO CPSM E COMERCIALIZADOS COM A MARCA NUSOKEN TEM DIREITO AO SELO DA AGRICULTURA FAMILIAR

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Histórico de certificações não mais operacionais:

O Waraná dos Sateré-Mawé produzido naa comunidades Sateré-Mawé e beneficiado pelo CPSM em 2016 (safra 2015-2016) foi certificado como poduto organico e conforme aos padrões ecológicos pela:

CERES

O guaraná nativo dos Sateré-Mawé comercializado no brasil com a marca NUSOKEN, oriundo da safra 2012-13, levou o selo de produto orgânico (auditorado pelo

INSTITUTO BIO-DINÂMICO - IBD)

AS SAFRAS DOS ANOS SEGUINTES NÃO FORAM MAIS CERTIFICADA NO MERCADO BRASILEIRO SENDO QUE AS COLHEITAS NÃO FORAM MAIS SUFICIENTES PARA SATISFAZER A DEMANDA NACIONAL, E QUE O CPSM ESTÁ TRABALHANDO PARA EFETIVAR PREVISIVELMENTE DENTRO DE 2016 SUA FUNÇÃO ESTATUTÁRIA DE OPAC (CERTIFICAÇÃO ORGÂNICA PARTICIPATIVA) PARA TODOS OS PRODUTOS DO CONSÓRCIO.

O Waraná dos Sateré-Mawé, junto com outros produtos florestais não madeireiros, foi certificado internacionalmente desde 2001 até 2015 como

PRODUTO ORGÂNICO E

PRODUTO DE JARDIM FLORESTAL

com o selo:

para a saúde e a biodiversidade

além do o selo de certificação orgânica da União Europeia

pela:

F.G.P Inspection & Certification (Pvt) Ltd

O CPSM CONTINUA MEMBRO DA REDE INTERNACIONAL DE FLORETERIA ANÁLOGA, PORÉM A CERTIFICAÇÃO FOI SUSPENSA DEVIDO AO FATO QUE NO MERCADO DE DESTINO (O MERCADO EUROPEU) A FGP DECIDIU NÃO ATUAR MAIS.

Ver também, em anexo, o conteúdo do relatório da primeira, histórica missão, que aconteceu em 2001.