C 06 - O guaraná dos Sateré Mawé da Amazônia Brasileira: caracterizações químicas e físicas


GOMES DA SILVA, Wilson. CORTESI, N., ROVELLINI, P. 2000. Il guaraná dei Sateré-Mawé dell'Amazzonia brasiliana. Nota I: caratterizzazioni chimiche e fisiche, in La rivista italiana delle SOSTANZE GRASSE, organo ufficiale della Stazione Sperimentale degli Olii e dei Grassi - Milano, 1,2000, pp. 11-16. Arti grafiche Pinelli - Milano

Estas análises foram feitas em 1999. O Projeto Integrado de Etnodesenvolvimento estava no começo, e ainda o guaraná estava sendo torrado em fornos de ferro introduzidos por projetos exógenos, o que determinava a leve oxidação detectada nas analises. Hoje todo guaraná dos Sateré-Mawé é de novo cozinhado em fornos de barro tradicionais. Porém, o resultado mais relevante nessa pesquisa da SSOG è, em todas as amostras oriundas da Terra Indígena Andirá-Marau, a presença elevada de todos os isómeros do tocoferol: incluindo o tocoferol δ, o isómero que realiza a maior atividade antioxidante, e que não foi encontrado na amostra de guaraná não Sateré.




SelectionFile type iconFile nameDescriptionSizeRevisionTimeUser
SelectionFile type iconFile nameDescriptionSizeRevisionTimeUser
Ċ
Visualizar Download
  3565k versão 2 13 de mai de 2013 21:34 Filhos do Waraná
Comments