A 11 Capitão França e Maria Ferreira

A cultura Sateré através do olhar dos descendentes do Capitão França. English Subtitles.
- Leitura coletiva da lenda do guaraná
Muito significativa a atualização da interpretação do mito da diferença entre os dois olhos: no mito antigo, que precede o encontro com o homem branco, tudo indica que o olho esquerdo (o que veicula o olhar da falsa sabedoria) seja o guaraná originário, a paullinia cupana cupana, e o olho direito (o que doa o olhar da verdadeira sabedoria) seja a paullinia cupana variedade sórbilis, selecionada pelos Mawé. Hoje que, depois de muitos séculos de domesticação indígena, a paullinia cupana cupana foi substituída, no nicho ecológico da Terra Indígena Andirá-Marau, pela variedade sórbilis, o papel do olho esquerdo, ou seja a ameaça de voltar ao reino da falsidade, acaba sendo interpretado pelo "guaraná cultivado pelos não índios": ou seja o guaraná clonado, que, se fosse introduzido dentro do território sateré, iria levar consigo o veneno dos agrotóxicos, a perta do respeito religioso, e a subordenação econômica e social dos produtores Sateré-Mawé ao comando das multinacionais da agro-química.
- Elder Sateré-Mawé: Sobre o sentido da presença dos Sateré-Mawé em Parintins, Barreirinha, Maués.
- João Ferreira de Souza (João Canarinho): História (do ponto de vista de um membro do clã Sateré) da onça (o "grande inimigo"), das origens dos clãs e da integração dos inimigos Mundurucus como clã Mawé.
- Lúcio Ferreira Menezes: História do Imperador (do ponto de vista de um Sateré funcionário da FUNAI).
- Primeira filha do Capitão França: História da fundação de Ponta Alegre.fundação da Ponta Alegre/Muirá Apá'ra,
- Amado Menezes Filho: sobre a gestão do contato.
- Jana Carla Ferreira Miquiles: sobre a Casa de Trânsito de Parintins.
- Aldamir da Costa Souza: sobre o sonho do Liceu de Arte.
- Tito e Marilucia de Souza Menezese Josias Ferreira de Souza: sobre a educação diferenciada
- Lúcio Ferreira Menezes: lembranças da Festa da Tucandeira dele.
- O canto da Tucandeira de Agripino de Oliveira


Direção: Diana Paola Gómez Mateus
Pesquisa: Ana Luisa Sertã Almada Mauro, Flávia Fernandes Belletati, José Agnello Alves Dias de Andrade, Rodrigo Valentim Chiquetto, Tiemi Kayamori Lobato da Costa, Yuri Bassichetto Tambucci
Roteiro, Câmera e edição: Diana Paola Gómez Mateus
Fotofixa: Ana Luisa Sertã Almada Mauro
Animação: Giu Nishiyama
Arte Gráfica: Isabela Sertã Almada Mauro
Realização: Grupo de Etnologia Urbana -GEU- do Núcleo de Antropologia Urbana -NAU-. DA I FFLCH I USP; Universidade de São Paulo -USP-
Apoio: Pós-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária -PRECEU-; Laboratório de Imagem e Som em Antropologia -LISA-

Fonte: http://vimeo.com/64752621


SelectionFile type iconFile nameDescriptionSizeRevisionTimeUser
Comments